domingo, 9 de janeiro de 2011

Quem realmente sou

Muitas vezes dou por mim a pensar e a tentar compreender quem sou eu e como me defino… É muito difícil conseguir descrever-me a mim mesma, mas prometo que neste texto vou tentar dar o meu melhor (…). Sou alguém que tem junto de si as melhores pessoas do mundo, e que todos os dias ao acordar se sente favorecida por isso. Por vezes chamam-me de perfeita, ou até mesmo há quem me diga que “pessoas perfeitas não existem, mas há aquelas que se aproximam muito da perfeição e eu sou uma delas”. Não sei o que faço de tão bom para ser merecedora destas palavras, mas talvez seja o meu jeito optimista de ser, de nunca me dar por vencida e procurar sempre uma solução, de não desistir e achar sempre que o ser humano é capaz de tudo! Mas desenganem-se, eu não sou perfeita e aliás, tenho muitos defeitos. A começar por não ser aquela menina forte que pareço, e também ser frágil e abanar com pouco. Sou teimosa, o que também reflecte a minha determinação, pois quando quero muito uma coisa faço de tudo para a conseguir. Por vezes considero-me um pouco egoísta pois se tenho alguma ideia de alguma coisa penso que só eu tenho razão e muitas vezes ignoro as opiniões alheias. Enfim sobre mim muito há para dizer, tenho qualidades e tenho defeitos, mas isso é que faz de mim a pessoa que todos conhecem, e isso é que constrói o brilho no meu olhar, isso é que contrói o meu verdadeiro eu. Já fui uma pessoa que só dava importância a superficialidades, que chorei sempre que fiz alguma coisa de que me arrependi, que sempre me pus depois de tudo e todos e fiz sacrifícios por gente que nunca mereceu nada, mas essa pessoa morreu! Morreu e jamais voltará. Renasceu outro ser em mim, um ser muito mais consciente da vida, consciente da realidade. Mudei, mudei muito e sinto-me bem por o ter feito. Hoje sou alguém completamente diferente. Dou valor ao que apenas merece ser valorizado, e tudo o resto esqueço, não perco tempo com as minorias da vida, e não desperdiço nenhum segundo com coisas desnecessárias. Os meus amigos? Esses, sempre poderão contar comigo, sempre lhes darei a mão quando tiverem a cair, ou me atirarei para o chão para fazer de amortecedor. A esses eu nunca vou faltar, serei sempre a Rute Neves que conheceram e para eles nada mudou, assim como nunca mudará! Hoje sei perceber que há certas etapas da nossa vida que têm que conhecer um ponto final definitivo e jamais voltarão a acontecer. Hoje sei distinguir as pessoas que me sabem dar um “não” porque querem o meu bem, ou aquelas que só sabem concordar comigo porque me querem ver no poço. Hoje sei ver que a nossa vida é preciosa de mais para estarmos a perder tempo com coisas sem sentido! Hoje despertei! Não sou uma pessoa melhor ou pior com a mudança, não sou! Sou sim, alguém com uma mentalidade diferente, alguém que ganhou coragem para dizer “CHEGA!”.Hoje corro para um lado muito diferente, para o lado oposto ao que corri até agora. Se foi melhor assim ou não? A isso eu não posso responder, mas de uma coisa tenho a certeza: Abri os olhos e a alma para a vida. E tudo isto porquê? Porque Cresci!! 

2 comentários:

Ánnyjub's disse...

sempre ao teu lado!
sabes bem

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.