quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A tua Influência

Ainda sinto o teu cheiro entranhado na minha roupa, a tua voz no pensamento. Por vezes ainda ouço o teu respirar ofegante, ainda sinto a tua imagem mediante o meu olhar. O tempo não mais passou… O relógio parou num determinado momento. Um turbilhão de emoções me atropela sem que eu tenha comigo qualquer tipo de defesa. O vento sopra e tudo de novo me traz, as ondas batem nas rochas violentamente, e continuam vindo na direcção dos meus pés. Quando chegam, tudo que pensei estar enterrado volta, reaparece e se depara mesmo ali à minha frente.No céu, as nuvens aparecem e o ambiente torna-se mais escuro. Recuo, viro costas e volto para casa, com a mesma sensação de sempre… Hoje ou noutro dia, aqui ou em qualquer outro lugar serás sempre tu quem na minha vida vai estar!

Sem comentários: