sábado, 9 de julho de 2011

De um Olá breve? Eu não precisava!

Às vezes pergunto-me porque te conheci. Eu não pedi para o fazer, nem tu próprio fizeste questão. Mas vieste, decidiste mostrar-me o teu eu, surpreender-me com tamanha espontaneidade e    naturalidade, e viras-te costas dizendo um Adeus. Talvez fosse melhor nunca nos termos cruzado, assim pelo menos não tinhas ficado no meu pensamento para sempre.

5 comentários:

Daniela disse...

como eu te entendo :s está lindoo (:

martasousa disse...

Comigo não se passou nada, é um texto fictício.
mas existe muitas pessoas que passam por aquilo e por muito mais.

Gabriela ♥ disse...

Mesmo, porque há coisas que simplesmente não vale a pena nós lutarmos :S

martasousa disse...

pois mesmo :s

Francisca Cochofel disse...

adorooo!