sexta-feira, 8 de julho de 2011

Tudo isto porque... sei lá eu bem porquê!

Às vezes desejava não saber mais nada de ti. Não porque não tenho curiosidade em conhecer-te melhor, em saber cada traço que te caracteriza, mas sim porque eu gosto de ti assim, meio ao desconhecido, gosto não do que és, mas sim do que aparentas ser. Gosto mesmo, sabes? Assim admiro-te, e tenho vontade de te juntar à minha vida, de te colocar num lugar prioritário, e tenho medo, medo que saber o que és na realidade me assuste, me desiluda, e não quero, porque eu gosto, gosto mesmo de ti!

3 comentários:

Gabriela ♥ disse...

Adorei o texto :)
A imagem é muito fofa ^^

Gabriela ♥ disse...

Acho que já fiz tudo o que podia e o que não podia, e nada valeu a pena. S e calhar é mesmo ele que não vale a pena !

Daniela disse...

pois, eu também gostava muito :x
adorei o texto (: