quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Muito mais que um diálogo.



Ela: “… Os nossos corações falam um com o outro e nós somos comandados por eles, apesar dos deficientes não nos contarem nada da conversa, mas como um filho que deseja um chupa, eu vou-lhe fazer a vontade e vou confiar mais em ti do que em mim própria.” Ele: “…O meu coração está mesmo quase a contar-me qual é a cena dele com o teu.. Quando ele disser uma única palavra sobre como ele gosta do teu eu vou-te logo dizer qual é. Eu tenho ideia de qual seja!”

Sem comentários: