quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Fazes-me um favor? Um favorzinho que não custa nada? Sim? Fazes?Leva-me daqui! É isso mesmo que estás a ouvir.Leva-me para bem longe deste mundo cão. Leva-me para fora deste lugar feio, deste lugar onde não há civismo nenhum.Eu sou pequenina, não ocupo grande espaço. Leva-me no bolsinho. Leva-me por esses teus recantos escondida.Ninguém dará por mim. Eu não faço barulho. Não dou sinais da minha presença. Respiro baixinho e prometo não tossir para ser encontrada.Mas leva-me! Pega em mim, e não tragas mais ninguém. Seremos nós. Apenas nós e o nosso mundo.Chega de confusões. Chega de discordâncias ou de actos inocentes que nos fuzilam a vida.E eu não te peço mais nada. Não te obrigo a nada mais. Simplesmente houve este meu devaneio, este meu pedido de socorro. Isso mesmo… Leva-me para longe, para bem longe daqui!

3 comentários:

Suu disse...

foi muito estranho mesmo. a decisão está tomada, agora só o tempo dirá o resto..

cláudiasofia. disse...

obrigada, querida.
adoro o teu :)

marta disse...

Adorei (:
Estou a seguir *