quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Mudei, e ainda bem.

Muitos são os que dizem que mudei, que me tornei numa pessoa completamente diferente. Arrogante, fria e distante. Há quem diga até que a vida não me corre bem por esse motivo. Eu rio-me, como é óbvio, rio. E vou continuar a rir-me daqui em diante. Estavam todos habituados a um eu ingénuo, inocente que por vezes, fazia mais pelos outros do que por si mesma.  Pois bem, a vida ensina, ensina muito bem mesmo. Muitas facadas levei, muitas desilusões me deixaram completamente arrasada e surpreendida. Imensas foram as vezes que me insultei a mim mesma por mais uma vez ter caído na “esparrela”. E basicamente, foi tudo isso que me fez crescer. Pessoas que me vêm apenas por interesse, e que me amam em ocasiões propositadas exclusivamente para o seu bem? Para mim não valem nada. Hoje sei ser apenas dependente de mim mesma. Não preciso de ser bem-vista por toda a gente, nem amada de igual por todos. Sei que tenho comigo quem realmente me respeita, quem me dá o valor que eu mereço e se querem saber, sinto-me muito orgulhosa do que, sem ninguém para além da vida me ensinar, aprendi. Finalmente agora sei dizer “não” sem me sentir mal com isso e finalmente sei ver que, em muitas (quase todas) as situações, sorrisos rasgados, escondem uma personalidade fútil,  interesseira, que não vale nada. Por isso, meus caros conhecidos (que é nisso mesmo que muita gente se tornou), eu não estou mal com a vida; aliás, estou até muito bem, e se me acham fria e mal humorada, lamento imenso mas é assim que me vão continuar a ver. Porque agora, pouco me importa se gostam ou não, o que me consideram e quando me consideram, se sou amada ou odiada pois chegou o momento em que vos dei o papel que desde sempre mereceram: aquele completamente desnecessário e indiferente ao meu viver. E os meus amigos, no verdadeiro sentido da palavra? Esses permanecem, e para eles nada mudou!

15 comentários:

Soraia Loureiro disse...

que texto tao doce e sincero *

Catarina Abreu . disse...

pois é, e acredita, não existe ninguém mais especial que ele (':
"Não preciso de ser bem-vista por toda a gente, nem amada de igual por todos. Sei que tenho comigo quem realmente me respeita, quem me dá o valor que eu mereço e se querem saber, sinto-me muito orgulhosa do que, sem ninguém para além da vida me ensinar, aprendi." acredita, nunca li algo tão sentido, tão verdadeiro! orgulha-te de ti mesma, tens todos os motivos para isso! (:

Catarina Abreu . disse...

exactamente, o que tu pensas de ti própria é o que realmente importa, o resto é secundário, por isso tem todo orgulho em ti, és fantástica (:

O mundo de uma sonhadora disse...

As pessoas é que nos tornam assim.
E acredita,sempre é melhor ser-se fria do que a boa pessoa. Sofre-se menos.
E tu não te preocupes com o que te digam.
Tu sabes quem és,e só te tens de manter fiel!

Beijinho*

Soraia Loureiro disse...

o amor é assim, perfeito *.*

nicolemorais disse...

gosto muito do teu texto, ainda bem que mostraste que és indiferente a quem não te conhece. que bom que sabes ver quando é que tens ou não de dar valor às pessoas. gostei muito *

Princess disse...

mal te conheço, mas pelo que me dizes e pelo apoio que dás eu gosto de ti como és e o que os outros pensam acerca de ti não me interessa, o que interessa é a forma como és para mim e só o amor de pessoa que és já me tira todas as coisas horríveis de escreves-te. não és uma pessoa fria e muito menos arrogante é o inverso disso, algo bem melhor que isso. se saber os outros apenas têm dor de cotovelo por seres uma rapariga maravilhosa e hiper-mega-super fofinha e querida

Um beijinho enorme e obrigada pelo teu apoio, é super importante e ajuda-me a estar bem comigo mesma, pois sinto que tenho sempre pessoas do meu lado que me apoiam e ajudam quando preciso e não querem nada em troca, mas eu dou, dou a pessoa querida e amiga que precisam e sempre que precisares cá estarei;)

sofiapereira disse...

adoro a tua maneira de pensar. e é assim que deve ser (:

nicolemorais disse...

eu ainda tenho de aprender a fazê-lo!
todos todos? :o

sofiapereira disse...

depende. se mudarmos para pior, não é bom. e nem sempre mudamos por querer, por vezes mudamos para pior e nem damos conta disso.

sofiapereira disse...

exato (:

Dani disse...

são sempre as pessoas que fazem com que nós mudemos, mas ainda bem que há gente que fica do nosso lado e, por muito que mudemos, elas não se importam! :)

nicolemorais disse...

era mesmo bom!
porque eu não consigo pensar mais em mim. o meu coração não me pertence, pertence aos meus amigos e à minha família. não consigo cuidar dele sem a ajuda deles. e oh, por isso é que é dificil.

Soraia Loureiro disse...

nunca pensei que a vida se podia tornar assim, perfeita *.*

vera • disse...

adorei :)