segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Mãe, este é teu!



Há já algum tempo que não escrevia para ti. Não porque não mereças, mas sim porque, sempre que tento redigir qualquer palavra para te dedicar, reparo que nenhum caracter que possa primir tem o valor estrondoso que tu mereces.  Sei que a vida é incerta. O futuro é incerto. Tudo é incerto. Quer dizer, tudo não. Porque eu, pelo menos uma certeza tenho. A certeza de ti, como minha única pertença. A certeza do que és, como meu eterno orgulho. Ser mulher tem muito que se lhe diga, e por vezes torna-se complicado defini-la em palavras. Pois eu não preciso, porque tenho em casa, diariamente, o estereótipo do que uma mulher com M dos grandes. Uma mulher lutadora, pequenina, mas valente. A pessoa mais valente que conheço. E hoje ela faz anos. Como o tempo passa. Como a vida corre. Mas, passageira ou não, a minha tem sentido. A minha tem muito sentido. E se digo isto, tu és a pessoa que mais contribuiu para isso. Tu fizeste-me grande. Isso mesmo, tu fizeste-me crescer, tendo-te como modelo. Acho que todas as filhas dizem que têm a melhor mãe do mundo, mas eu não vou dizer. Não é que não sejas, porque és, mas não gosto de usar frases feitas quando tu és tão… tão… inexplicável. Eu não só tenho a melhor mãe, como tenho a super-mulher dentro de minha casa. És um furacão e consegues quase o impossível que é deixar marca forte na vida de quem quer que passes. És a estrelinha que qualquer pessoa necessita de observar, pelo menos uma vez na vida. E fizeste o meu céu. O meu céu iluminado, pelo teu brilho. Um céu sem limites em que vencer é algo atingível. E, se hoje te dou os parabéns por mais um ano de brilhante existência; não posso também deixar de te congratular por seres quem és, por seres quem toda a gente conhece e, acima de tudo, por conseguires algo tão complicado neste mundo. Por conseguires que toda a gente goste de ti, porque é verdade, é mesmo verdade, é impossível não gostar de ti. E eu, tua admiradora assumida, vou continuar, ano após ano, a perguntar-te “gostas de mim?”, porque sei que o teu amor, é, com qualquer certeza o mais puro, o mais digno amor de amar. E para além disso há ainda mais alguma coisa que se mantém, o meu amor por ti, daqui até à lua, como te dizia em pequenina e continuo a dizer-te hoje, com 17 anos, sem qualquer vergonha ou problema! PARABÉNS! ÉS GIGANTE!

56 comentários:

beatrizpereira disse...

está lindo!
parabéns para a tua mãe (:

College Girl disse...

Muitos parabéns para ela :)

maria. disse...

Está lindo, amei mesmo.
Sem dúvida que o amor das nossas mães é o melhor. Parabéns à tua :)

Francisca Cochofel disse...

gosto muito linda! ps: já te mandei as fotos :p

Érika disse...

Está mesmo lindo o texto :)
já agora, sigo :b
adorei o teu blog (:

maria. disse...

Pois é. Há pessoas que não sabem dar o devido valor ao que realmente importa, e às pessoas que estão sempre presentes.

filipa alexandra disse...

Até a falar da tua mãe, consegues captar uma atenção enorme nos olhos e nos corações dos seguidores. Falo por mim, claro. Adorei, as palavras o sentido e mais uma vez comecei a lê-lo fixamente, e acabei a sorrir.
Parabéns para a tua mãe :)

rafaela duarte disse...

já te sigo! parabéns <3

Aurora disse...

Oh coração, que texto tão lindo para a mamã. Parabéns a ela <3

alexandrapinto. disse...

tenho para ti um desafio no meu blogger ♥♥♥♥

Maria João disse...

Ora nem mais :) sem vergonhas, porque quando são grandes, elas são as nossas mães sempre.Parabéns à tua :b

nicolemorais disse...

está maravilhoso! parabéns para ela*

Jullieta disse...

Parabéns para ela c:

A nossa mãe é sem duvida a nossa super-heroína pois é a única pessoa no mundo que nos aceita com os nossos piores defeitos e é ela que nos atura a toda a hora, ensina-nos a distinguir o certo do errado e o principal é que tem sempre as palavras que mais desejamos ouvir nos diz sem pedirmos que nos ama, sim a mãe é uma pessoa que não tem forma para se explicar ou mesmo descrever é apenas nossa mãe e orgulho nela bastante, pois luta mesmo a cair para os lados e cansada tal como nós o devíamos fazer, mãe é mãe c:

Rita Mendes disse...

é mesmo, existem pouquíssimas pessoas agora assim ..
Parabéns para a tua mãe *.*

beatrizpereira disse...

acho que é por ausência de pessoas que foram muito importantes.

Branca de Neve disse...

oh, o texto está tão bonito! sem dúvida que o amor de mãe, é o amor mais bonito que pode existir (:
parabéns para a tua mãe, e pelo teu texto.

Rita disse...

Lançaram-me um desafio e tinha que o passar a 10 pessoas. Foste uma das 10, ele encontra-se no meu blog:)

filipa alexandra disse...

Oh princesa não tens que agradecer.

Rosinha disse...

Parabéns à tua mãe, que ela tenha muitos mais anos pela frente na companhia da sua filha. Sabes, muitas das coisas que dizes à tua mãe, eu também digo à minha! :)

Rita disse...

Ora essa, de nada (:

filipa alexandra disse...

Palavras queridas, para uma pessoa querida é sempre bem vindo (:
Oh princesa, eu digo-te o que acho e de alma e coração. Gosto que as pessoas que me seguem e eu que tenho o privilégio de seguir saibam o que eu acho. E tu és uma seguidora tão presente, que escreve tão bem é impossível não gostar de ti (:

Rosinha disse...

A sério, meu bem! Sim, é verdade, as maiores e mais grandiosas palavras seriam para elas e muitas vezes escrevemos apenas o "diário", está a ver o que digo? :)

Carolina Baptista disse...

De nada (:

filipa alexandra disse...

Hoje chorei, chorei e magoei-me a mim mesma. Não me responde às mensagens, não me telefona... Ai princesa :(

Jullieta disse...

eu não digo pois todos os dias provo que a amo e isso é o mais importante c:

beatrizpereira disse...

oh, eu sei :s obrigado *

daniela monteiro disse...

tenho um desafio para ti no meu blog (;
beijos*

Maria João disse...

Podes crer. E pouca gente lhe dá o devido valor. As mães nunca nos deixam, ficam sempre connosco quando toda a gente foge de nós :)

Rosinha disse...

Obrigada :)

Érika disse...

De nada (;
Acho que dá para seguir sem eu ter que por os seguidores visíveis xD
Eu não gosto de ter isso no blog :s
A música é simplesmente perfeita, e a mim também diz muito :D

daniela monteiro disse...

nunca me ei de esquecer (;

beatrizpereira disse...

fizeste pois! :)

Aurora disse...

De nada doce bom <3

alexandrapinto. disse...

não tens que agradecer coisa fofa ♥

filipa alexandra disse...

Eu gosto tanto dele, ele disse que gostava de mim e que não me ia esquecer... e agora é isto? Parva sou eu, que choro. Mas a dor é tão forte.

Joo disse...

As nossas mães merecem tudo, o melhor do mundo e o melhor de nós!*

joanamoreira. disse...

vão andando..
parabéns para a tua mãe. (:

Jullieta disse...

ainda não te disse mas adoro a cor do te cabelo*-*
eu estou a pensar pintar o meu de ruivo 8D

Francisca Cochofel disse...

de nada princesinha :p
e eu amo a tua foto de perfil :)

filipa alexandra disse...

O amor há distância, não faz com que o amor acabe... Faz dele ainda mais forte. Pois é amor, tem mesmo que ser :(

Maria João disse...

Estamos cá nós para mudar as coisas e dar importância às devidas pessoas :)

Jullieta disse...

ficas linda e torna-te diferente c:

Aurora disse...

Até tu és, coração <3

filipa alexandra disse...

Ninguém disse que a vida era fácil, as pessoas que já passaram pelo que passamos, elas foram fortes ou fracas, passaram por isto. Mas o que eu passo faz parte da vida, eu sei erguer a cabeça por vezes o peso que tenho cá dentro, é muito maior com que a força de erguer a cabeça. Mas também, chorar alivia a alma, e poderei compensar quando estivermos eu e ele, apenas os dois.

Rosinha disse...

Sim, posso dizer que já te conheço um bocadinho *

Francisca Cochofel disse...

tenho a certeza que a fotógrafa retribui :p

Branca de Neve disse...

de nada fofinha (:

alexandrapinto. disse...

sim, ainda estou doente e vou ter que ficar por casa uns dias :/
é a vida, obrigada querida ♥♥♥

margarida disse...

nunca fui aquela típica rapariga feliz e hoje em dia, contínuo sem o ser. mas não te preocupes :)

Érika disse...

Ah ok :)

beatrizpereira disse...

mas nem tu nem ninguém pode fazê-lo, mas obrigado :x

Joo disse...

E o mais sincero, melhor que a nossa mãe não existe!

joanamoreira. disse...

ainda não sei ao certo..

Aurora disse...

oh que doce. beijinhos :) e boa noite<3

Bruna disse...

que lindo seu blog
estou seguindo !!
bjuu

jo disse...

lindo! és uma filha orgulhosa, mas a tua mãe também deve ser uma mãe orgulhosa por ter alguém que lhe escreva palavras como estas.

gostei muito. beijinhos