quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

True Story

Não vivi muito, mas vivi o suficiente para aprender que o ódio, por vezes, é um sentimento demasiado especial para sentir por alguém. Hoje sou feliz. Hoje não preciso de me rebaixar perante alguém, pois reconheço o meu valor. Tornei-me numa pessoa mais fria, é certo. Mas isso para mim não é mau! Não é, antes pelo contrário. Hoje sei dar valor a pequenas coisas, a pequenos gestos de amor. Aprendi a viver, de outra forma. De uma forma mais consciente. E a menina que um dia fui morreu! Renasceu outro ser em mim. Um ser não com feridas, mas com as marcas. Marcas que, se por um lado demonstram dor, por outro demonstram aprendizagem, demonstram vitória. Isso mesmo, vitória de alguém que corre pela areia de pés descalços. Vitória de quem canta contra o vento. Vitória de alguém que ri, de forma desajeitada, até chorar. Vitória de alguém que grita e em seguida abraça. Vitória de alguém que ainda corre atrás das borboletas. Vitória de alguém que, acima de tudo, soube fechar a porta e deixar do lado de lá, quem, no fundo, nunca fez falta na minha vida.

81 comentários:

catarinavieira disse...

o que te disse é simplesmente a verdade, passas mesmo os sentimentos, falo por mim, pelo que sinto quando leio os teus textos, é como se entrasse na tua pele quando vives estes momentos.

catarinavieira disse...

bem, acabei de o ler, e tenho já a dizer que o texto ligou-me imenso a mim, pois sei perfeitamente o que é isso, realizar essa mudança. gostei imenso linda :)

Julieta disse...

sabes? fiz como tu, fechei a minha porta aqueles que nunca mereceram que eu a abrisse e agora sinto-me muito melhor que isso mas o melhor é que consigo sorrir de forma verdadeira

olha, obrigada doce, pelas tuas palavras e pelo teu apoio, acredita que fizeram toda a diferença:)

Rosinha disse...

só faz falta quem está, independentemente de tudo, não é? aconteça o que acontecer, os que estão ao nosso lado é que importam mesmo e acima de tudo.
o meu problema é que penso MUITO em tudo, sinto-me MESMO mal :x

filipa alexandra disse...

Adorei! Nem imaginas. :))

Catarina Francisco disse...

tens um desafio no meu blogue :)

inês * disse...

gostei muito, força !

Maria João disse...

De certa forma, aconteceu-me exatamente o mesmo. Estava a precisar de mudar um pouquinho quem eu era e como me sentia. E agora sim, acho que estou bem melhor, mais fria, mas mais protetora de mim mesma. Coisa que não era.

anaf. * disse...

tu escreves de uma maneira tão bonita e fazes parecer as coisas tão simples !

nicolemorais disse...

uma menina que já é uma Mulher.

Rita Mendes disse...

claro, é o que estou a fazer (:
Obrigada por tudo querida, a sério *.*

Ánnyjub's disse...

primeira vez secalhar que leio an«ldo do principio ao digo
e digote amiga AMEI sabes? é linda é algo que nao da para demonstrar o sentimento ao certo quando se lê é perfeito

Joo disse...

Levo isso como uma coisa boa então :)

MarisaW disse...

adoro*

máfs. disse...

Vamos lá ver. Gostei muito deste texto.. a mudança faz bem!

máfs. disse...

Compreendo..

inês * disse...

de nada (:

anaf. * disse...

então parabéns , conseguiste (:

nicolesophia ♥ disse...

ain ain, tá tao lindo. Princesa tens tanto geito <3

PaulaSousaa' disse...

Gostei bastante do texto, e até me identifico. " Marcas de aprendizagem " . Concordo plenamente querida e força para continuares assim.

anaf. * disse...

nºao tens de agradacer , é apenas a minha opiniao querida *-*

inês * disse...

óhh que querida, também és ! *-*

nicolesophia ♥ disse...

nao tens nada de agradecer querida. (:

sophia disse...

obrigada por tudo, a sério doce :)

MarisaW disse...

de nada :)

Joo disse...

Gosto da mensagem que transmites neste teu texto!

Neuza disse...

gostei muito, beijinho :)

Marlene Quintas disse...

também eu fofinha, muito

Rita Mendes disse...

Mesmo assim, devo agradecer porque tens sido uma querida comigo e tens me tentado ajudar (:

calina disse...

de nada linda, nao precisas de agradecer (:

andreia dias disse...

Gosto muito linda (;

Schneewittchen disse...

gostei*

Dani disse...

sim, óptimas até :)

filipa margato disse...

já estou de volta querida :)

catarina disse...

que lindo :o
esta mesmo lindo , conseguir fechar essa porta , foi uma grande meta, não princesa ?

Maria João disse...

E quando não conseguimos livrar-nos delas? É possível fazer alguma coisa? :c

Rosinha disse...

concordo contigo, querida (:

Ana Flavya disse...

Sentir ódio é sinal de se importar, mas a indiferença ... ah essa realmente é boa !

Rainha das Estrelas disse...

Adorei a mensagem... :)

- MartaRibeiro * disse...

pois ;s

# Rumo incerto disse...

mas não precisas mas obrigado põe gosto na pagina do face sff e claro se gostares


gostei do texto :D

inês * disse...

não tens de agradecer (:

catarina sousa disse...

tenho sim :)
adooooorei !

addy disse...

gosto tanto :D

Susan disse...

gostei imenso *

MARIANNE disse...

gosto tanto de saber isto!
eu estou bem, muito bem (:

sophia disse...

oh eu sei doce :)

frenzi disse...

adorei! Tens imenso jeito para escrever , estou a seguir-te

Joana Barbosa disse...

Muito obrigada mesmo! E este texto..está totalmente perfeito :o

diana dias disse...

eu amei , e sigo <3

Marisa Ventura disse...

linda és tu, obrigada!

Ricardo Miñana disse...

Muy reflexivas tus letras.
buen fin de semana.
un abrazo.

Rita Mendes disse...

Melhor querida, tenho me mantido ocupada e tenho conseguido abstrair-me do que se passou, isso tem me ajudado a ultrapassar .. só espero é não voltar a cair na mesma "asneira" novamente x;

Rita Mendes disse...

Sim, mas isto já me aconteceu uma vez, e consegui ultrapassar, quando estava bem veio tudo novamente .. não quero voltar a sofrer novamente! s;

Rosinha disse...

super mal mesmo :( e tu?

Rosinha disse...

podemos falar mais privadamente? é sobre aquilo ...
só discussões e isso. afecta-me bastante mesmo.

Rita Mendes disse...

é o que estou a tentar a fazer, mas agora sempre mais atenção e algum receio de voltar a sofrer, mais no sentido de relacionamentos e amizades s;

Rita Mendes disse...

O mal é que não é só os amigos que conheci à pouco mas também amigos que já conheço à muitos anos ;c

Rosinha disse...

fb então? estou do tipo "daqui a pouco rebento"

Rita Mendes disse...

Claro que sim, não são amigos, não são nada neste momento, mas ainda custa mais assim .. x;

filipa margato disse...

vivendo um dia de cada vez e tu?

inês * disse...

óhh (:

Rita Mendes disse...

Isso é verdade, e é com essa dor que aprendemos a superar tudo, a tornar-nos mais fortes, a aprender e a crescer!

annie disse...

muito obrigada :)

andreia dias disse...

mesmo princesa?
como andas?

diana dias disse...

claro que vou voltar, digo-te o mesmo :b

TDelMona disse...

infelizmente é mesmo isso :s

sarii disse...

Ás vezes sinto necessidade de fazer isso que fizes-te! Esquecer tudo o que é mau e começar de novo abrir uma nova porta na vida! Este texto está muito bonito, como todos os outros querida!

evii disse...

eu tho andado bem princesa, e tu? (:

Marina Torres disse...

Adorei querida.

catarinavieira disse...

eu sei, e fizeste bem em mudar, acho que a toda a gente o faz porque se não fizesse nunca mudavam pois teriam a vida "perfeita".

# Rumo incerto disse...

por o que desculpa não percebi querida

t disse...

tenho? ora obrigada! se é lindo é graças aos meus seguidores fofos.
peço desculpa por ñ ter estado ativa no blog por algum tempo.
vou seguir anjo (:

mariana disse...

de nada <3

SaraN disse...

oh, sou nada (:

MARIANNE disse...

e tu, estás feliz não estás?

raquel barbosa disse...

adoro o blog *

raquel barbosa disse...

de nada linda :)

MARIANNE disse...

porquê "aparentemente"? :/

Rita Mendes disse...

Já passei por muito, e sei que isto custa, mas assim abro os olhos e sigo em frente, se cair novamente no mesmo isso já será uma opção minha e se me arrepender, por um lado é "bem feita" porque já sabia com o que deveria contar ..

Marta'Santos disse...

Gostei bastante, já me aconteceu tambem
temos que aprender e seguir em frente, custa mas passa
Vou segui*