sexta-feira, 19 de julho de 2013

138♥

A vida é a filosofia do senso comum. Tudo é simples, quando se vive um exacerbado amor. A profundidade das cicatrizes ameniza. Algo idêntico ao fim de uma melodia dedilhada nas teclas de um piano. É calma, apaziguadora. Como água tépida sobre as mãos em dia caloroso. Algo que simplesmente não tem explicação sobre forma de vocábulos pronunciados pelos lábios. É algo que acontece no momento certo e nos enche o coração à medida ideal de não transbordar. E depois é vida, como se não houvesse mais amanhã. Como se o sol entrasse no nosso corpo e nos iluminasse o coração em data intemporal. Por isso perdi o medo de ser feliz porque sei que ninguém, algum dia, conseguirá metade do que conseguiste. Porque sei que estamos destinados, já desde o outro mundo. O mundo em que nasci no corpo que te encaixasse nas medidas. O mundo onde nasci eu sem fugir do que sou. Por saber que me amas do jeito mais natural que a vida humana conheceu.

17 comentários:

Rosinha disse...

se há coisa em que acredito é que em vós reside o jeito natural de se amarem. completa e plenamente. sem espaço para contagem de tempo.
amo o vosso amor.

Rosinha disse...

escrevo bem a seguir a ti que és o deus da escrita e a minha maior "musa"? só se for <3

Rosinha disse...

vive que eu preciso de ti viva :o <3

disse...

adoro, adoro :)

Alexandra Silva disse...

princesa desculpa chatear-te mas disseste que ias seguir de volta mas nao seguis-te :s
beijinhos!

disse...

de nada :) espero que sejam os dois muito felizes!

Rosinha disse...

estás a vê o ar qe respiro? tem a tua essência por lá. sinto-te constantemente comigo. és mais que uma amiga, és mais que minha melhor amiga. és minha irmã. és a magia que me falta em certas noites ou a alegria que tenho quando acordo! amo-te <3

disse...

e irá ser, nota-se :)

han disse...

isto está muito bonito, até porque o amor é muito assim, não é? natural, como natural é a dança rítmica do coração.

Alexandra Silva disse...

de vez em quando pudias mandar-me o catalogo online para eu ver (à sempre coisinhas novas para ver :D )
beijinhos linda

Mariana Medeiros disse...

Gostei muito do teu blog :)
Segui
MM

SM. disse...

de que fala o livro? é um romance? da-me uma breve ideia querida..

*AM* disse...

R: Tens toda a razão querida :)

Simplesmente adoro a maneira como escreves, fantástica :)

raquel disse...

Já não vinha aqui algum tempo, arrependo-me sinceramente. Teu blogue está cada vez mais bonito. <3

B * disse...

Eu sei que faz, mas não alivia completamente! -.-

Ana disse...

tens aqui um texto tão lindo, tão bem escrito. Adorei, mesmo :)

Tamires disse...

Arrebatador! Formidável!