sábado, 24 de agosto de 2013

140♥

Reside em mim a  certeza de que o amor vive de ódios espontâneos. De raivas e palavras gélidas. De despedidas temporárias. Porque, na verdade, quando se ama com o coração todo não há espaço para amanhãs nem margens para ontens mal passados. É saber que temos sempre um ponto de abrigo onde nos possamos re-encontrar. É um vício que perdura de viver, é a essência insana de amar. E isso enche-nos de certezas. De força para sermos mais e melhor por alguém. E aí sentimo-nos bem porque sabemos que temos alguém que nos vai sempre decifrar. Porque sabemos que somos amadas, seja qual for o nosso estado de espírito. E amar começa a ser o imperativo. O que passou deixa de fazer sentido e redescobrimo-nos. Noutro corpo. Noutra alma. Como se não existisse mundo para além daquilo que nos faz feliz.

6 comentários:

Nidia Gomes disse...

Gostei muito <3

mariana disse...

que texto maravilhoso. Simples e catastrófico!:)

Sofia disse...

adorei !!

Jo Dreamer disse...

Escreves muito bem :)
Sigo*

Rosinha disse...

e o vosso amor é mágico. com tu és mágica. sopro-te um amo-te porque amo. com o amor ama. como a amizade ama.como os irmãos amam. e nunca mas nunca te esquecas do orgulho que deposito em ti. és a melhor!

ballerina. disse...

Que magnifico texto, adorei.