quarta-feira, 30 de setembro de 2015

157♥


Já pensaste no que eu era sem ti? E tu sem mim.... Cada um, sem nós. Como se o dia, para ambos, não chegasse. Apenas a sombria noite de quem enfrenta a vida sem cor na alma. E esta intensidade de viver? Se perdera. Esta ânsia escultural. De amor. Como se de amor só fosse o mundo. De sorrir. Como se se tratasse da primeira vez que soubemos o que era um sorriso. Que sonho que é a nossa vida! O nosso respirar recíproco. Simultâneo. Esta pressa ofegante de nos vermos. Sempre mais uma vez. Este querer desnudo. Virgem. Inexperiente de um querer maior do que aquele que cabe no coração. Nos tecidos do meu corpo só teu. E assim te imaginei. Pormenorizadamente tal como és. Para acalmar a minha rebeldia momentânea. Para atear o meu lado mais amável que agora explodiu do meu corpo. Em brasa. Amar-te é paz. É calma. Certeza. Entrega. E ter-te é existir para a vida. Para ti. Para os outros. Para mim, por saber amar desta maneira.

13 comentários:

Blue disse...

sempre tu. começam a não existir palavras para te demonstrar que o que escreves só poderia sair de ti. amo-te, amo-te. amo-te. és magia.

Sara Filipa disse...

Lindo *-*

joel disse...

que perfeição boneca <3 linda, amo-te tanto! és tudooo!

Sara Filipa disse...

Obrigada querida :') assim o farei

Catarina Ribeiro disse...

escreves mesmo bem *-* adorei

Princesa Mãe disse...

Lindo! Adorei!
Beijinhos:-)

http://princesamae.blogspot.pt/

Nanda Oliveira disse...

Amar é uma coisa séria. Quando vc começa a sentir é difícil se desapegar. E ao mesmo tempo é algo esplêndido e perfeito. Um bjo.

Joana Gomes disse...

Gosto a maneira que escreves! Amei teu blog!

Segui, :)

C. Correia disse...

Lindo! ;)

Sara Filipa disse...

À tanto tempo que aqui não vinha ao Blog, e é sempre tão bom voltar e ver que continuas a escrever tão bem, tão sentido. Continuo a identificar-me com os teus textos!
Obrigada :3
Um beijo!*

Os homens não são todos iguais disse...

Muito bem escrito, gostei

Preciso de ti ... disse...

Adorei o texto :)
Segui

Preciso de ti ... disse...

Adorei o texto :)
Segui